Fundação Sara assume custeio de dosador de quimioterápico em Montes Claros

Mais uma vez a Fundação Sara não mediu esforços para investir na melhoria do tratamento, em Montes Claros, e assumiu o custeio do dosador do metotrexate, um dos quimioterápicos mais importantes no tratamento do câncer infantojuvenil.

A Santa Casa já tinha a medicação e o aparelho, no entanto, só usava o medicamento em pacientes em que a quantidade utilizada, sem monitoramento, não implicava em riscos. “Com o kit dosador, todos os pacientes que precisarem do metotrexate, mesmo em altas dosagens, poderão fazer uso, pois será possível acompanhar o nível da medicação no sangue”, afirma Sabrina Eleutério, uma das oncopediatras da Fundação Sara. Outro importante benefício, segundo a médica, é que muitos pacientes que eram encaminhados para outros centros de tratamento do estado e até mesmo fora, agora poderão ser tratados em Montes Claros. O uso do dosador já teve início na última semana de janeiro.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), todos os anos, cerca de 11 mil crianças e adolescentes de 1 a 19 anos são diagnosticados com câncer no Brasil. A doença apresenta taxa de cura de aproximadamente 70%, com chances ainda maiores de recuperação quando o diagnostico acontece rapidamente. No entanto, só o diagnostico precoce não adianta. É preciso que o tratamento seja de qualidade, o que inclui fazer uso dos melhores quimioterápicos e tecnologias.

Apostando nas possibilidades de cura, não é a primeira vez que a Fundação Sara investe em assistência para obter melhores resultados no tratamento do câncer infantojuvenil, por meio do Programa Unidos pelo Tratamento. Em 2015 a entidade reformou e equipou uma enfermaria na Santa Casa de Montes Claros, tornando-a exclusiva para os pequenos pacientes; em 2016 reformou a sala de procedimentos e adquiriu equipamentos, como microscópio e ultrassom para inserção de cateter guiado; e agora está em fase de construção do Hospital Sara Albuquerque, um centro exclusivo para o tratamento de crianças e adolescentes com câncer.




Mais Notícias